2019/09/15

CMLXVII

CAMPEONATO NACIONAL FEMININO
Mariana Silva estreia-se na galeria de campeãs nacionais clássicas e rápidas
Inês Silva campeã nacional semirrápidas



O Campeonato Nacional Feminino decorreu entre os dias 7 a 11 de setembro no Teatro Municipal de Portimão e estava integrado no II Festival de Xadrez da Cidade Europeia do Desporto que incluiu a organização do Campeonato Nacional Amador e Campeonato Nacional Absoluto de Clássicas (8 a 14 de setembro).
O Clube de Xadrez Associação Académica da Didáxis fez-se representar por Mariana Silva e Inês Silva que depositavam a ambição da conquista dos três títulos séniores que estavam em disputa nas vertentes Rápidas, Semirrápidas e Clássicas.


Num dos mais equilibrados Campeonatos Nacionais Femininos de sempre, a WCM Mariana Silva (CX A2D) sagrou-se como a nova Rainha do Xadrez Clássico português, no qual a incerteza durou até aos últimos lances no tabuleiro em todas as partidas disputadas.
Mariana Silva estreia-se na galeria de campeãs após ter somado 3,5 pontos nas cinco jornadas da prova, os mesmos das segunda, terceira e quarta classificadas, respetivamente Inês Silva (CX A2D), Filipa Pipiras (GD Dias Ferreira) e Sara Soares (EX Porto). Com o título obtido em Portimão, Mariana Silva garantiu um lugar na Seleção Nacional feminina que representará Portugal nas Olimpíadas de 2020, que se realizarão em Khanty-Mansiysk (Rússia).



Mariana Silva juntou o ceptro feminino em ritmo clássico à coroa de partidas rápidas, que também conquistou em Portimão. Aos dois primeiros títulos nacionais alcançados ainda juntou o vice-título nacional na vertente semirrápidas!



Destaque, também, para a sua irmã, a WCM Inês Silva, que conquistou o título nacional de semi-rápidas, revalidando o título nacional conquistado na época transata e, deste modo, sagrou-se Bicampeã Nacional! Nas vertentes rápidas e clássicas alcançou o vice-título nacional o que denotou o excelente momento de forma que apresentou nesta competição.
Estes resultados são fruto de um trabalho contínuo que as atletas da equipa A do CX A2D veem patenteando ao longo da época 2018/2019 com a participação em estágios promovidos pela FPX e competições nacionais e internacionais que têm permitido apresentar um nível de jogo diferenciador que conduziu a uma hegemonia no Campeonato Nacional Feminino 2019.


Mariana Silva participou nos meses de junho, julho e agosto no XIX Profigaia Open, V Open Internacional de Gijon, VII Torneio Internacional Cidade Famalicão e VII Torneio Internacional Cidade de Pontevedra; Inês Silva participou nos meses de junho, julho e agosto no XIX Profigaia Open, V Open Internacional de Gijon e Campeonato Europeu de Jovens.
Mais informações:


CMLXVI

II Congresso de Xadrez
“Xadrez - do tabuleiro à sala de aula, do jogo à estratégia pedagógica"
Mário Oliveira dinamiza workshop "O Xadrez como estratégia promotora das aprendizagens no Ensino Básico e Secundário (O Xadrez na Cooperativa de Ensino Didáxis)"
Decorreu no dia 7 de setembro a segunda edição do Congresso "Xadrez – do tabuleiro à sala de aula, do jogo à estratégia pedagógica" no Auditório da Escola Secundária de Águas Santas.
Este II Congresso, promovido pela Associação de Xadrez do Porto e pela Academia de Xadrez da Maia, contando com o apoio institucional da Câmara Municipal da Maia, da Federação Portuguesa de Xadrez, do CFAE Maia-Trofa e do ISAG – Instituto Superior de Administração e Gestão, integrou o plano de iniciativas do II Festival de Xadrez da Maia e pretendeu dar um maior destaque às potencialidades do Xadrez no contexto escolar.
A manhã foi dedicada à partilha de projetos em curso em diferentes contextos:

- “A promoção do Xadrez em contexto educativo”, João Cálix (Colégio Efanor)
- “A promoção do Xadrez em contexto competitivo”, António Caramez (Escola de Xadrez do Porto)
- “Xadrez e a Alquimia dos Saberes”, Mestre Internacional António Fróis.

O período da tarde foi dedicado a quatro workshops onde os participantes tiveram a oportunidade de conhecer diferentes abordagens de integrar e implementar o Xadrez em diferentes contextos, sejam eles de natureza educativa ou de natureza competitiva. João Cálix e António Caramez deram continuidade ao trabalho apresentado durante a manhã e Jorge Resende (Academia da Xadrez da Maia) abordou a introdução do Xadrez no ensino pré-escolar. Mário Oliveira (Clube de Xadrez Associação académica da Didáxis), Coordenador do CX A2D, também dinamizou um workshop dedicado à “história mais bonita do Xadrez Nacional: 2003-2019”: O Xadrez como estratégia promotora das aprendizagens no Ensino Básico e Secundário (O Xadrez na Cooperativa de Ensino Didáxis). Desta forma, Mário Oliveira teve a oportunidade em interagir com os professores, atingindo-se o número máximo de inscritos, sobre o trabalho desenvolvido desde a criação do Núcleo de Xadrez Vale S. Cosme - Didáxis (2003), transformando-se um Clube Escolar numa potência e referência do Xadrez Nacional tanto na vertente escolar como na federada, tendo até ao momento um Projeto de Formação alicerçado na Didáxis, em Vila Nova de Famalicão, bem como no Colégio do Ave em Guimarães.

Depois do sucesso da primeira edição, esta segunda edição voltou a contar com a participação de vários especialistas os quais partilharam as suas experiências no âmbito da introdução e implementação do Xadrez em contextos educativos e escolares.


O Xadrez tem assistido a uma crescente presença nas Escolas portuguesas, seguindo as orientações do Parlamento Europeu para a introdução do Xadrez nas escolas e também as palavras de Sua Excelência o Ministro da Educação, o qual reconheceu recentemente a importância desta modalidade não só como “um desporto de alta competição” e também como “suplemento positivo para que muitos dos nossos jovens alcancem o tão esperado sucesso escolar”.
Mais informações:

2019/08/04

CMLXV


VII TORNEIO INTERNACIONAL CIDADE FAMALICÃO
GRANDE MESTRE XADREZ ARMÉNIO KAREN GRYGORIAN VENCEDOR 
RECORDE DO MUNDO ESTABELECIDO NA PERFOMANCE ELO


Decorreu, dos dias 28 de julho a 3 de agosto, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco-Vila Nova de Famalicão, o VII Torneio Internacional Cidade de Famalicão, organizado pelo Clube de Xadrez A2D, contando com o apoio da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Didáxis, Cooperativa de Ensino da Didáxis, Associação Académica da Didáxis, Associação de Xadrez do Distrito de Braga, Federação Portuguesa de Xadrez e Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. O Diretor do Torneio foi Mário Oliveira, Coordenador do CX A2D, e a arbitragem foi chefiada pelo Árbitro Internacional Eduardo Viana, coadjuvado pelo Árbitro Internacional Paulo Rocha e  pelo Árbitro Nacional Carlos Dias, Presidente da AXDB, a quem foi atribuída uma norma de Árbitro FIDE. 


Este Torneio Internacional contou com a participação de 98 atletas, representantes de 10 países entre os quais 18 eram Mestres de Xadrez.
O VII TICF encerrou Circuito Nacional de Clássicas da FPX que incluiu a realização de 8 Torneios Internacionais de Xadrez. Com um total de 3250€ de prémios em jogo o grande aliciante nesta edição consistiu na realização de 9 sessões, possibilitando a obtenção de normas de Mestre Internacional de Xadrez e a respetiva subida hierárquica no ranking mundial da Federação Internacional de Xadrez (FIDE).


A 9ª e última sessão contou com o comentário das partidas de Xadrez transmitidas em direto por Luís Romano, atleta da Equipa A do CX A2D. Esta iniciativa  foi transmitida pelo segundo ano consecutivo no Canal de Xadrez twitch.tv/thinkingchess e permitiu a todos os entusiastas do “jogo das 64 casas” uma visão e compreensão técnica das emoções vividas nas partidas que decidiram o topo da classificação absoluta até ao último segundo de cada relógio.



O grande vencedor foi o Grande Mestre de Xadrez arménio Karen Grygorian, cabeça de série n.º1, que alcançou 9 pontos em 9 jogos e um prémio monetário de 1000 euros! Com uma performance 100% vitoriosa foi estabelecido em Vila Nova de Famalicão o RECORDE DO MUNDO no que diz respeito à performance de Elo, isto é, ranking da FIDE de 3103 de Elo. O anterior RECORD pertencia ao atual Vice-Campeão Mundial, GM americano Fabio Caruana, que em 2014 alcançou uma performance de Elo 3098 na Sinquefield Cup (Estados Unidos da América).
Em 2.º e 3.º lugares classificaram-se o GM canadiano Kevin Spragett (7,5 pontos e 750 euros de prémio monetário) e o GM cubano Lelys Martinez (7 pontos e 500 euros de prémio monetário), respetivamente.

Os restantes prémios monetários foram distribuídos para todos os presentes na cerimónia de encerramento do seguinte modo: GM búlgaro Vladimir Petkov (6,5 pontos e 350 euros de prémio monetário), GM argentino Daniel Campora  (6,5 pontos e 250 euros de prémio monetário).
A grande vencedora feminina foi a GM peruana Deysi Cori, que se classificou em 6.º lugar absoluto com 6,5 pontos e um prémio monetário de 60 euros. Também, com igual prémio de 60 euros, em 7.º, 8.º, 9.º e 10.º lugares posicionaram-se, respetivamente, Simão Pintor, GM Luís Galego, MI Rui Dâmaso e MI espanhol Maurício Vassallo.
Os restantes premiados por escalões foram o GM Kevin Spraggett (Veterano), MN Daniel Fidalgo (Sub-20), João Fernandes (Sub-18), Daniel Fidalgo (Sub-16), Aspet Tadevosyan (Sub-14), David Sousa (Sub-12), Rafael Dong (Sub-10) e o benjamim do CX A2D, João Diogo Perira, conquistou o 1.º lugar dos Sub-08. Neste Torneio, com um prémio monetário de 25 euros, os melhores classificados por categoria Elo foram: 1º lugar Sub-2200-Simão Pintor; 1º lugar Sub-2000-Tiago Silva; 1º lugar Sub-1800-Álvaro Guimarães e 1º lugar Sub-1500-Miguel Palhas.
A cerimónia de encerramento teve o privilégio de contar com a presença de Beatriz Oliveira. A jovem artista vimaranense com apenas 11 anos deliciou os presentes com um momento musical ao interpretar o tema Siciliano de Vivaldi em flauta transversal.


Foram homenageados Daniel Campora e Lelys Martinez, pois decorridas sete edições do TICF marcaram presença cinco vezes, contribuindo, deste modo, para o crescimento, afirmação e sedimentação do “jogo das 64 casas” no concelho de Vila Nova de Famalicão.


Também, foi sorteado o livro de Xadrez, 64-Histórias e partidas de Xadrez amador, da autoria do MN Carlos Dantas que retrata 64 histórias de xadrez autobiográficas, com análises de partidas e posições de forma ímpar, retratando o seu percurso vitorioso no Xadrez Jovem Nacional até à sua afirmação no Xadrez Absoluto Nacional. O grande vencedor foi um atleta Sub-10 Fábio Dong que recebeu das mãos do autor um exemplar autografado com dedicatória personalizada.


Marcaram, também, a sua presença o Presidente da Associação de Pais e Encarregados Educação da Didáxis – Vale S. Cosme, Paulo Araújo; a Diretora da Associação Académica da Didáxis, Ana Abreu; o Presidente da Associação de Xadrez do Distrito de Braga, Carlos Dias; o Presidente da Federação Portuguesa de Xadrez, Dominic Cross; e representante do Município Famalicense, Cristina Moreira.

No final, todos foram unânimes ao considerarem que este evento internacional de Xadrez transformou Vila Nova de Famalicão, na primeira semana de agosto, na Capital do Xadrez Nacional. Na componente competitiva foi atingido um recorde do mundo que marcará para sempre Vila Nova de Famalicão na História do Xadrez Mundial e na componente formativa 20 treinadores/árbitros de Xadrez atingiram um desempenho notável nos Cursos de Formação de Treinadores e Arbitragem dinamizados pela FPX com o objetivo de reforçar os quadros nacionais de Treinadores e Árbitros nacionais.



Pelo sétimo ano consecutivo, o Torneio Internacional Cidade Famalicão contribuiu para a divulgação e promoção do jogo das 64 casas. A organização desta iniciativa projeta já, no próximo ano, um Torneio ainda mais forte e competitivo para atribuição de normas de Mestre Internacional e Grande Mestre, dado que Vila Nova de Famalicão viveu uma semana de Xadrez de alto nível, afirmando-se no panorama xadrezístico além-fronteiras.

Mais informações:

2019/07/22

CMLXIV


VII TORNEIO INTERNACIONAL CIDADE DE FAMALICÃO
IMPÕE-SE NO PANORAMA INTERNACIONAL XADREZÍSTICO


Entre os dias 28 de julho e 3 de agosto realizar-se-á o VII Torneio Internacional Cidade de Famalicão nas instalações da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco. Pelo sétimo ano consecutivo, este evento xadrezístico reveste-se de particular importância na promoção e desenvolvimento de Xadrez e encerrará o calendário federativo do Circuito Nacional de Clássicas 2019 (8.ª de 8 provas). Este ano, o Torneio Internacional será ainda mais disputado, elevando a sua qualidade com a participação de 21 jogadores titulados.
A prova é organizada pelo Clube de Xadrez A2D, contando com o apoio da FPX – Federação Portuguesa de Xadrez, AXDB - Associação de Xadrez do Distrito de Braga, Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Associação de Pais Encarregados Educação Didáxis - Vale S. Cosme e da Cooperativa de Ensino Didáxis.

O Diretor do Torneio é o Coordenador do Clube de Xadrez A2D, Mário Oliveira, e a arbitragem estará a cargo do AI - Árbitro Internacional Eduardo Viana que será coadjuvado pelo AI Paulo Rocha (transmissão de partidas online) e pelo Presidente da AXDB, Carlos Dias.


Em paralelo, decorrerá no dia 28 de julho na Sala de Xadrez do CX A2D a Ação de Formação "Inteligência Emocional e Orientações técnico-pedagógicas no jogo de xadrez de competição - Parte II", depois do sucesso que a Parte I obteve no ano anterior, dinamizada pelos Mestres de Xadrez João Leonardo e Rui Dâmaso. Também, nos dias 30 de julho, 1, 2 e 3 de agosto decorrerá um Curso de "Formação Inicial de Árbitros de Xadrez" orientado pelo Presidente da Comissão de Arbitragem da FPX Vitorino Ferreira. Assim, o VII TICF afirma-se nesta edição não só na componente competitiva, mas também na componente formativa, o que constitui uma mais-valia para o desenvolvimento do Xadrez Distrital e Nacional.
Será dada continuidade às “Conversas com Mestres de Xadrez” iniciadas na edição transata que proporcionarão momentos de partilha de saberes dos jogadores titulados com as jovens promessas do Xadrez famalicense.
Em suma, na próxima semana, Vila Nova de Famalicão será a Capital do Xadrez Nacional onde se viverão emoções fortes no quadrado mágico das 64 casas.

Em relação ao ano anterior o prize-money aumentou para 3250 euros, em que o 1.º lugar arrecadará 1000 euros; 2.º lugar,750 euros; 3.º lugar, 500 euros; 4.º lugar, 350 euros; 5.º lugar, 250 euros e do 6.º ao 10.º classificados, 60 euros. O grande aliciante nesta edição consiste na realização de 9 sessões o que permitirá a obtenção de normas de Mestre Internacional de Xadrez e a respetiva subida hierárquica no ranking mundial da Federação Internacional de Xadrez.

O VII Torneio Internacional Cidade de Famalicão foi apresentado à imprensa na passada segunda-feira, 22 de julho, como sendo um dos melhores a nível nacional, reunindo Grandes Mestres, Mestres Internacionais e Nacionais de Xadrez provenientes de dez países: Arménia, Argentina, Bélgica, Bulgária, Canadá, Cuba, Dinamarca, Espanha, Perú e do nosso país. São aguardados 100 participantes, com destaque para o Grande Mestre Arménio Karen Grigoryan, cabeça de série n.º1, 15.º melhor jogador da Arménia e Campeão Europeu Sub-16 em 2010. O cabeça de série n.º2 é o GM cubano Lelys Martinez, vencedor do I, III, IV e VI TICF, Campeão Nacional Juvenil 2002 e 8.º melhor jogador de Cuba. O cabeça de série n.º3 é o experiente GM português Luís Galego, membro efetivo da Seleção Nacional Absoluta, com 4 títulos nacionais absolutos conquistados e é atualmente o 2.º melhor jogador português.
A participação do atual Campeão Nacional Absoluto, também, está confirmada. O GM português António Fernandes é o recordista de títulos nacionais absolutos conquistados totalizando 16 Campeonatos.
O Xadrez feminino demonstra-se também aliciante nesta edição, pois conta com a participação de duas Mestres: a WGM peruana Deysi Cori, com dois títulos mundiais de jovens: Sub-16 (2009) e Sub-20 (2011), e é atualmente a Tetracampeã Continental das Américas e a WIM cubana Yaniela Moreno, cabeça de série n.º 11, referência do Xadrez Feminino Cubano.
O Xadrez famalicense estará representado pelo Mestre Nacional Ivo Dias, vencedor do II Torneio Internacional Cidade Famalicão e TOP-50 Nacional. Também, o atual bicampeão Distrital AXDB João Romano poderá causar uma surpresa agradável face aos resultados excelentes que tem vindo a alcançar individualmente e coletivamente. A jovem atleta pertencente à Seleção Sénior Feminino, Mariana Silva, marcará, também, presença neste evento internacional vestindo as cores do clube famalicense CX A2D.



No final da conferência de imprensa todos foram unânimes em considerar o Xadrez “uma modalidade desportiva inter-geracional e inclusiva, constituindo uma poderosa ferramenta educativa”, por se considerar que “o xadrez estimula a paciência, a persistência, a criatividade, a capacidade analítica, a tomada de decisão, o método, características essenciais para o exercício de uma cidadania adaptada às exigências do nosso tempo, numa sociedade em que as solicitações de consumo imediatistas são constantes”.



Mais informações: www.ticf.webnode.pt

2019/07/08

CMLXIII


CAMPEONATO NACIONAL DE SEMIRRÁPIDAS DE JOVENS COLETIVO
CAMPEONATO NACIONAL RÁPIDAS DE JOVENS COLETIVO E INDIVIDUAL
CX A2D CLASSIFICA-SE EM 3.º LUGAR COLETIVO
INÊS SILVA CAMPEÃ NACIONAL SUB-18 E CONQUISTA TRIPLETE
JOÃO DIOGO PEREIRA 3.º LUGAR SUB-08

No passado fim de semana a Federação Portuguesa de Xadrez (FPX) organizou a 7ª edição do Campeonato Nacional de Jovens na vertente Semirrápidas Coletivo (10 minutos para cada jogador completar a partida com 5 segundos de acréscimo por cada lance efetuado) e Rápidas Coletivo e Individual (3 minutos para cada jogador completar a partida com 2 segundos de acréscimo por cada lance efetuado) com o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e do Município de Felgueiras.
O Torneio Coletivo na vertente semirrápidas decorreu no dia 6 de julho no pavilhão gimnodesportivo da Escola Secundária de Felgueiras, com arbitragem a cargo de Carlos Dias, Presidente da Associação de Xadrez do Distrito de Braga (AXDB), e direção de prova da responsabilidade do Presidente da FPX, Dominic Cross.


O CX A2D fez-se representar por uma equipa Sub-14 a Sub-20 constituída por WCM Inês Silva (4 pontos em 7 possíveis), José Miguel Santos (6 pontos em 7 possíveis), José João Pinto (5 pontos em 7 possíveis) e Simão Barroso (5,5 pontos em 7 possíveis). Desta forma, a jovem equipa famalicense, 4.ª cabeça de série, soube superar-se e fechou o pódio absoluto ao classificar-se em 3.º lugar! A equipa maiata O Amanhã da Criança sagrou-se Campeã Nacional surpreendendo a equipa cabeça de série n.º 1 EX Porto que se classificou em 2.º lugar.
Na categoria mais jovem, Sub-08 a Sub-12, a equipa A da EX Porto sagrou-se Campeã Nacional e o Colégio Português e o CX Sintra classificaram-se em segundo e terceiro lugares, respetivamente.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
No dia seguinte, 7 de julho, a arbitragem esteve a cargo do Árbitro Internacional Carlos Oliveira Dias e a direção de prova manteve-se sob a responsabilidade do Presidente da FPX, Dominic Cross. Esta prova colocou 200 os jovens xadrezistas numa dinâmica imensa, chegando a alguns jogarem 17 partidas diferentes de xadrez!
A delegação do CX A2D, e fez-se representar por 2 equipas na competição coletiva (SUB08/SUB12 e SUB14/SUB20) e por 9 atletas na competição individual.
Da parte da manhã teve lugar a competição coletiva em que cada uma das equipas disputou partidas a quatro tabuleiros. 
No final da competição coletiva Sub-14/Sub-20, a equipa do CX A2D, 5.ª cabeça de série, alcançou um precioso 4.º lugar obtendo 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.  A equipa foi constituída por WCM Inês Silva, José Santos, Tiago Silva/José Rui Matos e Simão Barroso. A equipa maiata O Amanhã da Criança voltou a sagrar-se Campeã Nacional e em 2.º e 3.º lugares classificaram-se a equipa leiriense CCD Corvos do Lis e a EXP, respetivamente
No final da competição coletiva Sub-08/Sub-12, a equipa do CX A2D apresentou uma equipa com um futuro promissor, que deu excelentes indicações, ao posicionar-se em 5.º lugar. A equipa foi constituída por José João Pinto, João Diogo Pereira, Guilherme Leal / Tiago Sá e Duarte Abreu. A EXP dominou este torneio e a equipa aveirense Colégio Português e CCD Corvos de Lis classificaram-se em 2.º e 3.º lugares, respetivamente.
Da parte da tarde decorreu a competição individual, subdividida em 7 escalões: SUB-08, SUB-10, SUB-12, SUB-14, SUB-16, SUB-18 e SUB-20. Um dos grandes destaques deste evento foi para a WCM Inês Silva, pois ao sagrar-se Campeã Nacional Sub-18 na vertente rápidas (5.º lugar absoluto) conquistou o TRIPLETE NACIONAL FEMININO SUB-18 (lentas, semirrápidas e rápidas). 

Também, em evidência esteve João Diogo Pereira ao classificar-se em 3.º lugar Sub-08 e, desta forma, repetiu o 3.º lugar nacional Sub-08 alcançado na vertente lentas.


Igualmente em grande destaque estiveram Guilherme Leal que alcançou o 8º lugar absoluto no escalão Sub-08; José João Pinto posicionou-se em 7.º lugar no escalão Sub-10; José Miguel Santos classificou-se em 4.º lugar no escalão Sub-16 e Simão Barroso ocupou o 7.º lugar no escalão Sub-18.




O CX A2D fez-se ainda representar por mais três atletas que se posicionaram-se, na classificação absoluta, do seguinte modo: José Rui Matos (Sub-18; 18.º lugar); Tiago Silva (Sub-18; 19.º lugar) e Tiago Sá (Sub-08; 19.º lugar).


Os resultados obtidos pelos jovens atletas do CX A2D deram continuidade à aposta sistemática nos jovens que veem obtendo bons resultados a médio e longo prazo como estas competições o comprovaram.
Mais informações: